Lançado o MoodleCloud

Quer testar o moodle gratuitamente?
Lançado o MoodleCloud.
Trata-se de uma hospedagem gratuita para usar com poucos usuários:
Os limites são:
50 usuários máximo.
Espaço em disco 200Mb
Temas centrais e plugins único
Um site por número de telefone
e possui algumas propagandas.

Mais informações aqui: https://moodle.com/cloud/
Aqui um FAQ: https://moodle.com/cloud/faq/
e aqui para criar a conta e testar: https://moodlecloud.com/en/signup

Recomendo para quem gostaria de testar e conhecer.

Share

Como proibir usuário de trocar foto do perfil – Moodle

Tutorial – como bloquear a troca de foto do perfil do usuário

Caso tenha a necessidade de bloquear a troca da foto do perfil do usuário no modle devido a alguma necessidade muito particular, como a que tive recentemente:

ex: Todas as fotos dos usuários no moodle foram importadas de um sistema de gestão acadêmica, como por exemplo do Classis do Totvs ou de algum sistema de Recursos Humanos.

Acesse o moodle como administrador e clique em :

Administração do site -> Segurança -> Políticas do site e vá em : Desabilitar imagens de perfil de usuário e marque o checkbox conforme imagem abaixo

imagem_foto

 

Share

Novidades Moodle 2.9 – Questionário

Alguma das várias novidades do Moodle 2.9 lançado em 11/05/2015

Questionário

1) podemos dividir um questionário em seções
2) podemos fazer a visibilidade das questões de acordo com perguntas anteriores. Isso pode dar ao professor um controle muito poderoso sobre o caminho do questionário. Na imagem abaixo você pode ver que para cada seção, apenas a primeira pergunta é visível. As outras perguntas só aparecem depois que a primeira questão em cada seção foi respondida. (Para fazer isso você precisa de um feedback imediato ou interativo com multiplas tentativas.)
fonte:https://moodle.org/mod/forum/discuss.php?d=31386610559834_10152942938928403_9120758990485162518_n11259439_10152942936078403_4646007988734741805_n

Confiram as outras novidades aqui: https://docs.moodle.org/29/en/New_features

Share

Cobertura do MoodleMoot Brasil 2015

Já está disponível o link para quem quiser acompanhar a cobertura em tempo real >> http://goo.gl/4Nlbdy e nas redes sociais não esqueçam de utilizar a hashtag #MoodleMootBR
A cobertura será feita por:

Felipe Raimo(@raimofelipe), Analista de Web do Núcleo de Educação a Distância da Universidade Municipal de São Caetano do Sul, e tem como objetivo deixar disponível aos profissionais e interessados desta área algumas das informações mais importantes que estão sendo apresentadas neste evento, e o mais legal, é tudo em tempo real diretamente do MoodleMoot Brasil 2015.

 

Share

10ª Edição – Moodle Moot Brasil

 

 

Estarei ministrando um mini-curso sobre : Avaliações através de rubricas no dia 30/04/2015 de 14:00 as 16:00hs 

 

As rubricas são métodos avançados de avaliação que qualificam com base em critérios . A rubrica é composta por um conjunto de critérios. Para cada critério, vários níveis descritivos são fornecidos.  Um grau numérico atribuído a cada um destes níveis.
A rubrica pode fornecer uma base para a auto-avaliação, reflexão e revisão por pares. Destina-se a uma avaliação rigorosa e justa, promovendo a compreensão, e indicando um caminho para avançar na aprendizagem / ensino.

A 10ª edição do Moodle Moot Brasil  será realizada nos dias 29 e 30 de abril de 2015.

O MoodleMoot é uma conferência realizada em vários países do mundo, dedicada aos usuários, desenvolvedores e administradores do Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem Moodle.

Esse é o 9º ano que realizamos o MoodleMoot.  A primeira edição de 2015 será em São Paulo, na Universidade Mackenzie

O evento será totalmente gratuito e acontecerá nos dia 29 e 30 de abril de 2015.

Mais informações e inscrições: http://www.moodlebrasil.org/

 

Share

ICMBio – Formação de Tutores para uso do Moodle

Ministrei no dia 18/12/2014  na ACADEBio – Academia Nacional de Biodiversidade http://www.icmbio.gov.br/cggp/acadebio/acadebio.php um curso sobre Moodle para 30 participantes.

A ACADEBio é um espaço voltado para a promoção da conservação da biodiversidade por meio da construção do conhecimento pelo processo de ensino e aprendizagem.
É coordenada pelo ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade http://www.icmbio.gov.br/portal/.
Está instalada na Floresta Nacional de Ipanema, em São Paulo: http://www.icmbio.gov.br/flonaipanema/

Share

3º Seminário de Educação a Distância (SEAD) do ILA

Ministrei durante os dias 12 e 13/11/2014, a convite da Associação Brasileira de Educação a Distância(ABED),  um mini-curso no 3º Seminário de Educação a Distância (SEAD) do Instituto de Logística da Aeronáutica(ILA) onde abordei os principais recursos e atividades do Moodle tais como: atividades condicionais, acompanhamento de conclusão de atividade, badges, glossários, fóruns, Wiki e as novidades das versões 2.7 e 2.8.

“No período de 12 a 14 de novembro de 2014, o ILA realiza, em parceria com a Associação Brasileira de Educação a Distância – ABED, o 3º Seminário de Educação a Distância (SEAD), com o tema “Da sala de aula para o mundo virtual – Desafios e Tendências”.

O Evento, que conta com a presença de 130 participantes, visa a reunir integrantes de Organizações do COMAER que ministram cursos na modalidade EAD, que pretendam implantam essa modalidade de ensino ou, ainda, que possuam interesse em melhor conhecer as suas potencialidades.

A programação contempla diversas palestras e minicursos na Área de EAD, com destaque para a palestra “Produção de Cursos a Distância” ministrada pela Profª PhD Linda Harasim, da Simon Fraser University – Vancouver – Canadá.

A abertura do 3º SEAD foi realizada pelo Comandante-Geral de Apoio, Ten Brig Ar Paes de Barros e pelo Prof. Dr. Luciano Sathler, da Universidade Metodista de São Paulo, os quais proferiram palavras sobre a importância da EAD nos dias de hoje.”
Fonte: https://www.ila.aer.mil.br/index.php/noticias-ila/129-3-seminario-de-educacao-a-distancia-sead#
3SEAD_14_todos
3SEAD_08
3SEAD_09

 

 

Share

Moodle moot Floripa – apresentação

Participei da 8ª edição do Moodle Moot no Brasil realizado em Florianópolis entre os dias 09 e 10 de outubro de 2014.

Colaborei na organização do evento juntamente com o Daniel Neis, Gilvan Marques e Lino e também ministrei  um mini-curso onde demonstrei de forma prática o uso de alguns novos recursos do moodle (baseados na versão 2.7)

Share

Lançamento do livro Design Educacional

design-educacional-frenteFoi lançado no 20º CIAED , realizado em Curitiba entre os dias 6 e 9 de outubro de 2014, o novo livro do professor João Mattar intitulado: Design Educacional – educação a distância na prática.

IMG_20141007_180102057

E foi com grande honra que pude participar com uma pequena contribuição no capitulo 7- AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM (pag. 93- 96) falando um pouco sobre o Moodle.

IMG_20141008_214250582

Parabéns João Mattar e que venham os próximos livros. Estamos desde já aguardando.

 

 

Share

Moodle – avaliação de tarefas com rubricas

O que são rubricas?

O professor João Mattar cita em seu blog
” O uso de rubricas possibilita que o professor desenvolva e sistematize critérios e indicadores de avaliação, buscando assim reduzir a subjetividade do processo. São ferramentas que servem para auxiliar o professor a construir critérios avaliativos mais transparentes e coerentes em relação a objetivos de aprendizagem determinados. Funcionam, portanto, como um instrumento de avaliação formativa, permitindo ainda o envolvimento dos alunos no processo de aprendizagem e avaliação. Uma ideia interessante é convidar os alunos a proporem sugestões para a elaboração das rubricas pelas quais seus trabalhos e projetos serão avaliados.

A rubrica deve conter: foco na mensuração de objetivo estabelecido (desempenho, comportamento, ou qualidade), desempenho organizado em níveis e uso de uma referência de classificação para situar o desempenho. ”

Neste outro post ele cita:
“Rubricas devem ter: itens a serem analisados (coluna esquerda), níveis de avaliação (linha superior) e descrição de cada célula (em que cruzam os itens analisados com os níveis de avaliação).”

Existe rubrica analítica ou holística. Uma rubrica analítica fornece níveis de desempenho para cada critério previsto, permitindo notas específicas para cada objetivo. Uma rubrica holística avalia o desempenho total do aluno, dando-lhes uma pontuação geral, com base em todos os critérios.

Exemplo de uso:  

O moodle possui esse método avançado de avaliação a partir da versão 2.2

1) Criar uma atividade do tipo tarefa ( com envio de texto online) no moodle com a seguinte descrição (figura 1):

tarefa1
Figura 1 – Modelo de configuração de tarefa

No item “NOTA” da configuração da tarefa em Método de avaliação selecione a opção rubrica conforme Figura 2

tarefa2

 

Figura 2 – Modelo de configuração de nota em uma tarefa

Salve as configurações da tarefa e acesso agora o menu de administração da tarefa o item: Avaliação avançada ->  Definir rubrica conforme Figura 3

tarefa3Figura 3 – Modelo de configuração de avaliação avançada

 

Vamos configurar a rubrica no moodle de acordo com a tabela abaixo (Figura 4)

CATEGORIA
4
3
2
1
Concentração no tópico (Conteúdo)
Há uma tema claro ,bem focada. A ideia principal se destaca e é apoiada por informações detalhadas.
A ideia principal é clara, mas a informação de apoio é geral.
A ideia principal é um pouco clara, mas há uma necessidade de mais informações para apoio.
A ideia principal não é clara. Existe um conjunto de informação aparentemente aleatória.
Capitalização e pontuação (Convenções)
Escritor não faz erros na capitalização ou de pontuação, de modo que o texto é extremamente fácil de ler.
Escritor faz 1 ou 2 erros de capitalização ou de pontuação, mas o papel ainda é fácil de ler.
Escritor faz alguns erros de capitalização e / ou pontuação que chamam a atenção do leitor e interrompe o fluxo.
Escritor faz vários erros no uso de maiúsculas e / ou pontuação que chamam a atenção do leitor e interrompe muito o fluxo.
Gramática e ortografia (Convenções)
Escritor não faz erros de gramática ou ortografia que distraem o leitor a partir do conteúdo.
Escritor faz 1-2 erros de gramática ou ortografia que distraem o leitor a partir do conteúdo.
Escritor faz 3-4 erros de gramática ou ortografia que distraem o leitor a partir do conteúdo.
Escritor faz mais de 4 erros de gramática ou ortografia que distraem o leitor a partir do conteúdo.
Estrutura da frase (
Fluência da sentença)
Todas as frases são bem construídas com estrutura variada.
A maioria das sentenças são bem-construídas com estrutura variada.
A maioria das sentenças são bem construídas, mas têm uma estrutura semelhante.
Sentenças falta estrutura e parece incompleto .
Sequenciamento (Organização)
Detalhes são colocadas em uma ordem lógica e da forma como eles são apresentados de forma eficaz mantém o interesse do leitor.
Detalhes são colocadas em uma ordem lógica, mas a maneira em que eles são apresentados / introduzido por vezes, torna a escrita mais interessante.
Alguns detalhes não estão em uma ordem lógica ou esperado, e isso distrai o leitor.
Muitos detalhes não estão em uma ordem lógica ou esperado. Há pouco sentido que a escrita é organizado.

 Figura 4 – Exemplo de rubrica para avaliar uma tarefa enviada pelo aluno

 

O tipo de Avaliação avançada Rubrica permite que o professor atribua critérios para seu método de avaliação, e para cada critério, diferentes níveis (que serão caracterizados por “pontos”). Para editar o critério com o nome desejado, clique sobre a frase “Clique para editar critério” e atribua o nome desejado. Caso queira excluir o critério, clique no X. (Figura 5)

Definir rubrica

 

Figura 5 – Modelo de configuração de rubrica

Após preencher todos os critérios teremos uma tabela como a da Figura 6:
Definir rubrica2
Figura 6 – Modelo de configuração de rubrica

Após finalizar os critérios e pontuações clique no botão: Salvar rubrica e torná-la disponível

Em seguida teremos as informações sobre a rubrica criada tais como: pontuação mínima, pontuação máxima (Figura 7)

Definir rubrica3

Figura 7 – Modelo de rubrica já configurada

O aluno quando acessar a tarefa terá uma visualização de todos os critérios de avaliação conforme Figura 8

Definir rubrica4

 

Figura 8 – Visualização do aluno ao clicar na atividade tarefa a ser entregue

Após o aluno fazer a postagem do texto o professor já estará apto a fazer as avaliações Figura 9

Tarefa4

Figura 9 – Visualização do professor ao clicar em :Ver/Avaliar todos os envios na atividade tarefa

Ao clicar no ícone do lápis para avaliar a postagem do aluno o professor verá uma tela conforme Figura 10

 

Tarefa5

 

Figura 10 – Modelo de tela para avaliar aluno através do método rubrica

Após a avaliação do professor o aluno visualizará claramente todos os critérios e sua respectiva nota em cada um deles. (Figura 11)

Tarefa6

 

Figura 11 – Visualização do aluno da nota recebida

 

Conclusão:

Segundo Luiz Cláudio Medeiros Biagiotti  em seu artigo CONHECENDO E APLICANDO RUBRICAS EM AVALIAÇÔES como “grande vantagem podemos citar o fato de tornar o processo de dar notas mais eficientes; de uma forma mais precisa, justa e confiável; de permitir que os processos de avaliação sejam mais uniformes e padronizados, mesmo se aplicados por professores diferentes; de permitir aos alunos avaliar os seus próprios trabalhos antes de entregá-los ao professor; de permitir que os alunos entendam melhor a nota que lhe está sendo atribuída e de melhorar o desempenho dos alunos, uma vez que estes passam a saber onde devem focar seus esforços.”

Dicas de leitura:

Mooc EAD: http://moocead.blogspot.com.br/2012/11/modelos-em-ead-avaliacao.html

http://aprendente.blogspot.com.br/2007/01/uso-de-rubricas-em-avaliao.html

http://portal.virtual.ufpb.br/biblioteca-virtual/files/educaaao_a_distancia_textos_aplicados_a_situaaaes_praticas_1386349271.pdf

Modelo de uma rubrica : http://rubistar.4teachers.org/

https://docs.moodle.org/27/en/Rubrics

Vídeo: www.youtube.com/watch?v=IHL6hvllCJU

Share